top of page

DIA DA MULHER: CAMPANHAS EMPRESARIAIS E COMBATE AO ASSÉDIO MORAL


Ainda é possível planejar ações efetivas para aplicas em sua empresa e principalmente que irão ter reflexos para além do dia da Mulher ou do Mês da Mulher.

Sempre ressaltamos que adotar uma política de presentear ou apenas relembrar a data em um e-mail institucional, não refletem a importância que o Dia da Mulher tem: um dia para refletirmos sobre como as mulheres são tratadas e incluídas nas nossas empresas.

Visando auxiliar as empresas em implementar políticas efetivas de inclusão e melhoria das condições de trabalho para as mulheres, apresentamos 5 ações que a sua empresa pode fazer tanto no dia da mulher como no mês de março:

1) Cursos de formação para todos: cursos voltados à apresentação de temáticas de igualdade, violência doméstica, prevenção ao assédio organizacional e particularidades da vivência em maternidade são temas que podem ser abordados nesses cursos. Ressaltamos que esses cursos devem ser direcionados à todos os empregados e não somente as mulheres, principalmente, pois essa é uma oportunidade de conscientização de todos sobre o tema.

Essa é uma forma de transformar a cultura empresarial que transborda sobre os pensamentos individuais e em especial, atua como um elemento essencial para evitar o assédio laborar.


2) Políticas de adaptação do ambiente de trabalho sobre parentalidade: algumas mulheres vivenciam a maternidade e este é um ponto que leva a muitas empresas não contratarem mulheres. Entretanto, para a mudança organizacional é possível e desejável estipular adaptações do ambiente de trabalho que estimulem a paternidade ativa, ampliando licenças, ampliação da possibilidade de levar os filhos ao médico, creches etc. que seriam direcionados para mulheres e para homens.


3) Estruturação de plano de carreiras que estimule a igualdade: estabelecer um plano de crescimento de cargos direcionado para mulheres, permitindo que haja uma maior participação em cargos de confiança e de gerência. Ressalta-se que não basta apenas disponibilizar a vaga, é possível e desejável estabelecer formações específicas para que elas possam competir em condições de igualdade.

Uma equipe diversificada traz benefícios para as empresas: é um diferencial de Mercado e, também, estimula por meio do exemplo à outras mulheres buscarem realizar ações dentro da empresa e se aperfeiçoarem visando a promoção.


4) Implementação de um canal de denúncias: o canal de denúncias faz parte dos nossos Programas de Adequação Trabalhista e, relacionado às mulheres, tem a importância de permitir que situações de assédio sejam evitas, mapeadas e os responsáveis punidos. Além disso, permite o crescimento de um sentimento de segurança dentro da empresa, pois é um canal em que será possível relatar situações de ilegalidade.

Ressalta-se que o Canal de denúncia precisa ser anônimo e o canal deve ser aberto para receber denúncias sobre ações ilegais e inadequadas referentes à qualquer setor e pessoa da empresa: todos devem estar envolvidos na construção de uma nova cultura organizacional.

5) Plano rígido de punições: quando forem detectadas situações de assédio seja pelo canal de denúncias, seja em grupos do whatsapp ou falar presenciais, um processo interno de investigação precisa ser iniciado. Após as etapas de investigações e constatada a falta realizada, como a ocorrência de um assédio, a empresa deverá cumprir o seu plano de punições. Em um Código de Conduta será estipulada as ações que não serão admissíveis na empresa bem como as suas penalizações, como advertência, suspensão e demissão por justa causa.

Para poder estipular todo esse caminho, o passo inicial é efetivar ações que observem as reais demandas das mulheres. Essas ações podem ser realizadas de forma específica para cada empresa, vislumbrando as especificidades do setor e as demandas das próprias mulheres que trabalham na sua empresa.

Uma empresa que possui um ambiente seguro para Mulheres é uma empresa que valoriza e respeita todos os seus trabalhadores e avança economicamente, com a ampliação da motivação no ambiente de trabalho e a supressão de conflitos e ilegalidades.

Paralelamente a isso, visando estimular a conscientização sobre o tema elaboramos a Cartilha de Prevenção ao Assédio Moral no Ambiente de Trabalho que está disponível gratuitamente neste link:


Cartilha de Prevenção ao Assédio no Ambiente de Trabalho
.pdf
Fazer download de PDF • 2.88MB

Por isso, no KNOPIK & BERTONCINI SOCIEDADE DE ADVOGADOS nós desenvolvemos o Programa de Adequação Empresarial Trabalhista focado em compreender a sua empresa de ponta-aponta, para gerar soluções que se adequem ao seu negócio e que estejam compatíveis com a legislação.

Entre em contato conosco para iniciarmos essa mudança na sua empresa.


Miriam Olivia Knopik Ferraz advogada e Sócia Fundadora do Knopik & Bertoncini Sociedade de Advogados

5 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page