top of page

Holding Patrimonial: o que pode integrar o seu patrimônio


Uma holding (nome comercial) é uma empresa que tem em seu patrimônio bens que ela passa a administrar.


Utilizar uma empresa para gestão de patrimônio pode reduzir a carga de impostos sobre determinado bem ou atividade, preparar a sucessão entre ascendentes e descendentes, proteger o patrimônio familiar ou empresarial, entre outras estratégias.

Ter uma holding pode garantir mais segurança na celebração dos negócios, estando em conformidade com a lei.

Mas, o que inserir no patrimônio da holding?


Isso vai depender dos objetivos que se pretendem com a empresa. A possibilidade de bens a se administrar é infinita. Isso porque as pessoas jurídicas também podem adquirir direitos e ter obrigações a cumprir.


Uma forma de se olhar a questão é do pondo de vista do(s) objetivo(s). Pode-se estar criando a holding com o intuito de reduzir a carga tributária, ou na perspectiva sucessória (herança).


Mas, também é possível se pensar na estrutura empresarial a partir dos bens (objetos) que ela vai gerir. Por exemplo, patrimônio imobiliário, visando a simplificação da administração e a possível redução no pagamento de impostos sobre o uso desses bens.


Existem holdings para administrar uma grande quantidade de veículos automotores de pessoas físicas. Inclusive visando a redução de prejuízos com infrações de trânsito.

Há quem utilize a holding para efetuar investimentos financeiros, apenas para separar o patrimônio pessoal.


Ou seja, muitas são as possibilidades. Por isso, antes de formatar sua holding patrimonial, é relevante se obter orientação especializada para avaliação do melhor enquadramento empresarial e fiscal


Entre em contato para tomar conhecimento de como dar início ao melhor desempenho financeiro dos seus bens, de forma segura e mais rentável.



9 visualizações0 comentário

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page